Robos, andróides e distopias

Futuros distópicos.

Adoro ficção científica, mas se tem algo que é comum a maioria são futuros distópicos e situações distópicas.

As vezes fico pensando… somos tão errados, desajustados, mal-encaminhados assim?

E nestes futuros via de regra há robôs, andróides ou algo que os valha, que dominam os humanos, ou que se aproveitam de sua inutilidade e os dominam.

De “Skynet”s à corporação do “Eu, robô”, de “Blade Runner” aos “Herdeiros da Terra”… até chegar a “Ex Machina”.

E se vê a tal da Cibernética e a tal da Inteligência Artificial… como falar com máquinas, como construir máquinas, como faze-las pensar, como controla-las com ou sem as “Cinco Leis da Robótica”…

Mas… quem as cria? Quem cria estes circuitos tão diferentes e tão iguais a humanos, que de certa forma faz criar algo como uma nuvem do cérebro robótico que cada vez mais faz lembrar uma mente?

Quem insere as regras? Quem codifica o “DNA” robótico que expressa o que eles são?

Nós?

Somos “Os Criadores”?

E o que estamos inserindo? Que pressupostos nossos estamos passando a eles?

“Gentileza gera gentileza”? “Só a paz é revolucionária”?

Ou “ódio aos inimigos, aos ‘não-eu’”? “Guerra sempre é a solução”? “Manipulação e controle mantêm a segurança”?

Nós somos os criadores, repetindo erros de outros criadores, fractais “tortos” e malditos.

Inserimos nossos pressupostos de guerra e ódio ansiando chegar a uma paz que nunca se dará.

Em vez de humildemente, como na Biomimética, observarmos a natureza para desenhar soluções, preferimos destrinchar uma Biologia celular, molecular, atômica, de partículas… que nunca tem oportunidade de refazer este caminho e chegar a um macro que abarque universos.

Inserimos o mal e queremos que brote o bem…

Não, nós não temos futuros distópicos, temos presentes distópicos.

E que Deus nos salve de nossos próprios destinos infelizes, pois nos iludimos plantando o mal querendo colher o bem. Plantando o ódio achando que acharemos a paz atrás de algum muro alto. Que nunca é alto o suficiente.

astronauta e borboletas

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s